quinta-feira, 25 de junho de 2015

CHEFES DA ANDRADE E DA ODEBRECHT ESTÃO PRESOS









A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira, a décima-quarta etapa da operação Lava Jato, conduzida pelo juiz Sergio Moro, do Paraná.

Nesta fase, a Lava Jato atinge as duas maiores empreiteiras do País, que haviam sido poupadas nas fases iniciais. Alvos são a Odebrecht, de Marcelo Odebrecht, e a Andrade Gutierrez, presidida por Otávio Azevedo. Os dois foram presos em suas casas nesta sexta-feira.

No total, estão sendo cumpridos 59 mandados de prisão e busca e apreensão em quatro Estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Segundo o comunicado da PF, são 38 mandados de busca e apreensão, nove mandados de condução coercitiva, oito mandados de prisão preventiva e quatro mandados de prisão temporária.

Também foram detidos, Márcio Farias e Rogério Araújo, dois dos principais executivos da Odebrecht.

Nesta etapa, a operação foi batizada de Erga Omnes. A Odebrecht foi acusada de pagar propinas de US$ 23 milhões a Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras.





Nenhum comentário:

Postar um comentário