quinta-feira, 6 de agosto de 2015

DIRIGENTE PROMETE REVELAR 'TRAMOIAS' DO PARTIDO DE PAULINHO "SEM FORÇA"









O ex-deputado federal João Caldas (AL), secretário-geral do partido Solidariedade, afirmou ontem que está disposto a revelar “tramoias” que diz terem ocorrido na área financeira da agremiação, presidida pelo deputado Paulinho da Força (SP). É o que afirma o colunista Claudio Humberto, do Diário do Poder.
Em delação, Ricardo Pessoa, dono da UTC, disse à força-tarefa da Lava Jato que deu R$ 1 milhão a Luciano Araújo, tesoureiro nacional da sigla, destinados a Tiago Cedraz, filho do presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Aroldo Cedraz.

Tiago é acusado por Pessoa de receber R$ 50 mil mensais para vender informação do tribunal, além de R$ 1 milhão para influenciar em favor da construtora em processo sobre a usina Angra 3


Nenhum comentário:

Postar um comentário