domingo, 20 de setembro de 2015

CUNHA É ALVO DE NOVO INQUÉRITO NO STF







Do Congresso em Foco:

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), passou ontem (quinta, 17) a ter mais um inquérito com que se preocupar no Supremo Tribunal Federal (STF). Além do Inquérito 3983, a que responde por corrupção passiva e lavagem e dinheiro no âmbito da Operação Lava Jato, o peemedebista agora terá também de enfrentar o Inquérito 4123, instaurado por suspeita de crime previsto na Lei de Licitações. Em tramitação sob segredo de Justiça, o processo foi encaminhado para despacho ao presidente da corte, Ricardo Lewandowski.

O inquérito, na verdade, é resultado de desarquivamento de ação determinado em 19 de agosto pelo juiz titular da 14ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, Marcello de Sá Baptista. O processo é referente a irregularidade supostamente praticada por Cunha à frente da Companhia Estadual de Habitação do Rio de Janeiro (Cehab), entre 1999 e 2000. O caso teve início com o deputado Chico Alencar (Psol-RJ), que ajuizou representação contra o peemedebista no Ministério Público fluminense àquela época, quando era deputado estadual.

O deputado disse ao Congresso em Foco desconhecer o teor da acusação, em que figura como único alvo. “Não posso falar sobre o que não conheci”, abreviou Cunha, comentando em seguida a reprodução da página do STF, com os registros iniciais do inquérito, enviada por mensagem de celular. “Essa página não me dá condições de responder, porque desconheço o conteúdo. Como você viu, não tenho qualquer advogado representado nisso. Logo, é algo que ainda não tomei conhecimento”, reiterou o deputado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário