quinta-feira, 1 de outubro de 2015

CAÇADO NA SUIÇA, CUNHA ASSUSTADO, DESISTE DE IR À ITÁLIA





Cunhão à beira do buraco


O presidente da Câmara (putz!), Eduardo Cunha (PMDB-RJ), cancelou sua viagem à Itália que estava marcada para a tarde desta quinta-feira 1º. O parlamentar participaria na Itália do 1º Fórum Parlamentar Itália, América Latina e Caribe, em Roma.

A decisão é tomada um dia depois que autoridades suíças enviaram para o Brasil informações sobre  contas bancárias do deputado e sua família, pelas quais ele teria recebido propina no esquema de corrupção da Petrobras.

Segundo Cunha, o motivo para o cancelamento foi que ele se lembrou de repente de um compromisso: o casamento do senador Romero Jucá (PMDB-RR), que será no próximo sábado 3. "Decidi que eu não vou. Vou ficar para o casamento do Jucá, que será sábado em Brasília", desconversou.

Agora, além de alvo no Supremo Tribunal Federal, que deve aceitar denúncia contra Cunha, o presidente da Câmara é investigado na Suíça por corrupção e lavagem de dinheiro. Um grupo de deputados reforçará nesta quinta-feira 1º o pedido para que o peemedebista deixe o cargo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário