domingo, 11 de setembro de 2016

Postado no Facebook em 08 de janeiro/2016 - "ESQUECEU DE MIM, FOI?..." QUEIXOU-SE CUNHA A EMPREITEIRO DA OAS



O GOLPE EM FILMES: Esqueceu de mim, foi?!... - Com Eduardo Cunha


Rodolfo Vasconcellos 8 de janeiro/2016
 
"ESQUECEU DE MIM, FOI?..." QUEIXOU-SE CUNHA A EMPREITEIRO DA OAS


Relatório da Polícia Federal com a íntegra das mensagens trocadas entre o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e o então presidente da construtora OAS, Leo Pinheiro, revela a intensidade da troca de favores entre os dois. Ao todo, foram 94 conversas em dias diferentes entre 2012 e 2014 — uma média de um contato a cada 11 dias. As conversas obtidas pelo GLOBO mostram um Eduardo Cunha afoito por repasses de dinheiro da empreiteira, em especial para diferentes campanhas eleitorais.

Cunha, que ainda não era presidente da Câmara, também discute com Pinheiro emendas a medidas provisórias em tramitação no Congresso e sobre projetos de lei de interesse da empreiteira.

Uma das mensagens mais emblemáticas mostra essa conexão entre os três — Pinheiro, Cunha e Alves — e a intensidade dos pedidos de dinheiro feitos pelo presidente da Câmara:

“Vc resolveu só metade Henrique ontem, esqueceu de mim? Rsrs”, questiona Cunha a Pinheiro, por mensagem de celular, em 14 de agosto de 2012.

“Me dê um tempinho. O nosso pessoal fez uma programação que não tinha visto”, responde o empreiteiro, duas horas e 40 minutos depois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário