domingo, 11 de setembro de 2016

Postado no Facebook em 16 de junho/2016 - "TOGA FALANTE" VAZOU PEDIDO DE PRISÃO PARA RENAN, SARNEY, JUCÁ E TEMER



O GOLPE EM FILMES: Diário de um Juiz Golpista - Desprovido de qualquer responsabilidade com os destinos do Brasil e sua democracia.


Rodolfo Vasconcellos 16 de junho/2016
 
"TOGA FALANTE" VAZOU PEDIDO DE PRISÃO PARA RENAN, SARNEY, JUCÁ E TEMER


“Entende-se agora quão crucial foi a operação para vazar de dentro do STF os pedidos de prisão contra os caciques do PMDB e, assim, inviabilizar sua detenção. Se punisse Renan Calheiros, Romero Jucá e José Sarney liminarmente, o Supremo estaria validando a delação de Sergio Machado não apenas contra o trio gravado e contra Eduardo Cunha, mas contra os mais de 20 políticos de quem o ex-presidente da Transpetro afirma ter atendido pedidos para pagamento de propina. Entre eles – soube-se ontem –, o presidente interino, Michel Temer”, analisa o colunista José Roberto de Toledo; “Quem vazou fez um favor aos acusados. Certamente não foi o procurador. Tampouco Teori. Talvez tenha sido uma toga falante”.

Rodolfo Vasconcellos
Rodolfo Vasconcellos 9 de maio/2016
 
COM OS DIGNOS DO STF ASSUSTADOS COM A POSSIBILIDADE DO GOLPISTA GILMAR DESACREDITAR PARA SEMPRE A SUPREMA CORTE, SE RENDEM AOS SEUS CAPRICHOS LASTREADOS POR CANALHICE.


Em entrevista publicada neste domingo, o ministro Gilmar Mendes disse que a presidente Dilma Rousseff deveria renunciar porque "perdeu a capacidade de governar"; no entanto, sua incapacidade de governar tem nome e sobrenome: chama-se Eduardo Cunha, agora afastado pelo STF; foi o presidente da Câmara, com suas pautas-bomba e sua aliança com uma oposição golpista, que já falava em impeachment um dia depois de perder as eleições, que jogou o País no buraco; sem Cunha, Dilma deveria ter a oportunidade de reconstruir sua governabilidade – até porque o vice-presidente Michel Temer vem tendo as mesmas dificuldades para tourear o Congresso, com uma diferença: ele é ilegítimo; ela, não.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário