domingo, 11 de setembro de 2016

Postado no Facebook em 21 de junho/2016 - A DESINTEGRAÇÃO DE CUNHA



O GOLPE EM FILMES - A Desintegração de Cunha


Rodolfo Vasconcellos 21 de junho/2016
 
A DESINTEGRAÇÃO DE CUNHA


"Não é fácil abandonar a mansão da presidência da Câmara dos Deputados e a mordomia estimada em mais de 500 mil reais por mês e o poder inerente ao cargo, mas se quiser preservar seu mandato, a sua liberdade de ir e vir e a sua fortuna, Eduardo Cunha terá que renunciar à presidência da Câmara. É a concessão que teve de fazer dentro de um acordo costurado por Temer", diz o colunista do 247, Alex Solnik; segundo ele, manter Cunha longe de Curitiba é o principal objetivo de Temer nesse momento; "Não só por gratidão, pois Cunha foi imprescindível para levá-lo ao poder, mas por medo do que poderá acontecer".

Nenhum comentário:

Postar um comentário