domingo, 11 de setembro de 2016





Rodolfo Vasconcellos 25 de julho/2016
 
#PrimeiramenteForaTemer


SOB GRITOS DE "FORA TEMER" ERUNDINA CHAMA MARTA DE 'TRAIDORA' E DÓRIA DE 'COXINHA'

Do valor:

Com críticas aos outros pré-candidatos, o PSOL oficializou neste domingo (24) a candidatura da deputada Luiza Erundina e de seu vice Ivan Valente à Prefeitura de São Paulo.

Em seu discurso, Erundina afirmou que Marta Suplicy, pré-candidata do PMDB, é uma “traidora do povo” e que o tucano João Doria é um “coxinha” que pretende “privatizar a cadeira de prefeito”.

Já ela, afirmou, pretende governar para os 99% da população e “falar grosso” com os ricos e poderosos da cidade.

“Quero fazer um governo de participação popular, resgatando o interesse pela política nas pessoas, que estão desalentadas e desinteressadas”, disse Erundina.

Para Valente, há um paralelo entre as eleições deste ano e as de 1988, nas quais a ex-petista derrotou Paulo Maluf (então do PDS) e se tornou prefeita da cidade. “A diferença é que agora há vários Malufs”, disse.

Durante o evento, foi anunciada a primeira aliança da chapa, com o PCB (Partido Comunista Brasileiro).

Como a sigla é pequena e não tem deputados eleitos, a coligação não aumentará o tempo de televisão da campanha, o que os próprios candidatos admitem ser sua maior dificuldade para crescer nas pesquisas.

Segundo o Datafolha, Erundina está hoje em terceiro lugar na disputa, com 10% das intenções de votos.

(…)

Sob gritos de “Fora, Temer”, a convenção também abordou questões nacionais, como o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff e a reforma da Previdência, aos quais o PSOL se opõe.

Rodolfo Vasconcellos
Rodolfo Vasconcellos 12 de março/2016
COM UM PASSADO MANCHADO POR INÚMERAS TRAIÇÕES, MARTA DIZ QUE DILMA NÃO DÁ CONTA DO RECADO E ACLAMA TEMER


Eleita pelo PT, a senadora Marta Suplicy participou neste sábado da convenção nacional de seu novo partido, o PMDB, e chegou à conclusão de que o vice-presidente da República, Michel Temer, seria a melhor opção para tirar o País da crise; ela disse que a presidente Dilma Rousseff "não dá conta do recado", e e defendeu que "daqui a 30 dias sai todo mundo desse governo e nós começamos novo momento constitucionalmente correto com a chegada ao poder do vice-presidente Michel Temer".

Rodolfo Vasconcellos
Rodolfo Vasconcellos 29 de janeiro/2016
 
A "HONESTA" MARTA VOLTA A DEFENDER IMPEACHMENT E DIZ QUE SÃO PAULO É ANTI-PT


Ex-petista, a pré-candidata do PMDB à Prefeitura de São Paulo, afirma que a presidente Dilma desrespeitou a Lei de Responsabilidade Fiscal com a chamada pedalada fiscal e que defenderá a saída da presidente do cargo se o processo chegar ao Senado; Marta Suplicy atacou ainda o prefeito Fernando Haddad (PT): "A cidade de São Paulo é anti-PT e sou anti-PT hoje. Se o prefeito estivesse fazendo uma boa gestão, teria mais chances de ser reeleito independentemente do partido", disse; 
 "Haddad é o pior prefeito que a cidade já teve", completou.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário