domingo, 11 de setembro de 2016





Rodolfo Vasconcellos 3 de abril/2016

PORTAL UOL QUESTIONA LEGALIDADE DA LAVA JATO NAS MÃOS DE SERGIO MORO
 
Portal de internet UOL, do grupo Folha, dedica sua manchete deste domingo (3) a uma denúncia sobre eventuais abusos e ilegalidades cometidos pelo juiz Sergio Moro, na origem da Operação Lava Jato; a reportagem diz que "há indícios da exist
ência de uma prova ilegal no embrião da operação, manobras para manter a competência com o juiz Sergio Moro, e até pressão sobre prisioneiros"; os repórteres Pedro Lopes e Vinícius Segalla submeteram a juristas, que afirmam que a Operação Lava Jato, já há algum tempo, deveria ter sido retirada da 13ª Vara Federal de Curitiba, além de ter sido palco de abusos de legalidade; até agora, foi o maior ataque à Lava Jato desferido por um grupo tradicional de comunicação.

Rodolfo Vasconcellos
Rodolfo Vasconcellos 22 de março/2016
 
APÓS VAZAR DIÁLOGOS DE DILMA E LULA COM EXCLUSIVIDADE PARA A REDE GLOBO, O JUIZ MORO SE ASSUSTA COM O PODER DAS MASSAS E RECUA.


O juiz federal Sérgio Moro decidiu, nesta segunda (21), devolver ao Supremo Tribunal as gravações das conversas telefônicas do ex-presidente Lula, mas só o fez depois de alcançar seus objetivos políticos e pessoais; ele alegou que tomou tal medida por causa do envolvimento de pessoas com foro privilegiado, como a presidente Dilma Rousseff, ministros de estados e parlamentares; "Como fortuitamente foram colhidos diálogos com interlocutores ocupantes de cargos com foro privilegiado, é o caso de, independentemente da situação jurídica do ex-presidente, ainda assim remeter ao Egrégio Supremo Tribunal Federal para eventuais medidas cabíveis", afirmou, mostrando sua verdadeira face de covarde; na semana passada, Moro vazou um diálogo entre Lula e Dilma e foi duramente criticado por juristas e ministros do STF, e vai ter protocolado contra si um pedido de prisão; oposição usou diálogo para tentar engrossar o caldo do impeachment e manifestantes cercaram o Palácio do Planalto.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário