sexta-feira, 23 de setembro de 2016

TEMER CONFESSA O CRIME E A MÍDIA FAZ DE CONTA QUE NÃO ENTENDEU. DIZ JORNALISTA GLENN GREENWALD






Jornalista Glenn Greenwald destaca o "muro de silêncio" da imprensa brasileira sobre o discurso feito por Michel Temer a empresários em Nova York em que ele admitiu que o processo de impeachment no Brasil começou quando Dilma recusou implementar o programa de governo do PMDB, Ponte para o Futuro; única exceção a comentar o caso, colunista do Estadão Lúcia Guimarães se recusou a acreditar que Temer disse tal frase e sugeriu que houve edição do vídeo.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário