terça-feira, 20 de dezembro de 2016

OS DESMANDAMENTOS DO PARCIAL SERGIO MORO





"Esse é um juiz que está fora de controle". A definição foi feita pelo advogado australiano Geoffrey Robertson, um dos maiores especialistas em direitos humanos no mundo, sobre o juiz Sérgio Moro, da Operação Lava Jato.
Em entrevista ao portal Justificando, Robertson, que defende o ex-presidente Lula na Corte Interamericana de Direitos Humanos, da ONU, cita diversas ilegalidades já cometidas por Moro, como a gravação da conversa entre Lula e Dilma Rousseff e, de forma "absolutamente ilegal", sua divulgação à imprensa, além do grampo a advogados de Lula.
"Isso é ilegal, esse é um juiz que está fora de controle. Além disso, todos merecem um julgamento imparcial e justo. Moro e todos os procuradores da Operação Lava Jato estão acusando Lula de ser culpado há um ano, eles não estão sendo imparciais", afirma. Para ele, Moro está muito envolvido com o processo investigativo.

"Eu vim para o Brasil e não pude acreditar que esse juiz está nas capas de jornal, parecendo o Eliot Ness, o grande bastião da corrupção. Ele se coloca por aí como um grande inimigo de Lula", acrescenta. Robertson destaca a necessária distinção entre juiz investigador e juiz que julga a causa, como acontece em vários países do mundo, e lembra que, ao contrário disso, Moro investiga e julga.
Confira aqui a íntegra.


Nenhum comentário:

Postar um comentário