sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

ALEXANDRE DE MORAES MENTE E DEPOIS VOLTA ATRÁS - COISA COMUM NESSE GOVERNO



Flagrado na mentira, não lhe restou outra alternativa que não a de "voltar atrás"


Após negar, em novembro, o envio da Força de Segurança Nacional para auxiliar na segurança dos presídios de Roraima, e negar que tenha recebido tal pedido, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, voltou atrás e admitiu nesta sexta-feira 6 ter recebido, sim, o pedido de apoio da governadora Suely Campos para o Estado.
Nesta sexta, apenas depois da morte de 31 detentos na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, em Boa Vista (RR), Michel Temer colocou "todos os meios federais à disposição do Estado" (leia aqui). A governadora, porém, disse que não era mais necessário e que a situação estava sob controle, segundo nota divulgada pelo Planalto.

Um ofício do governo de Roraima desmentiu Moraes, que havia dito que o Estado havia pedido ajuda para a segurança em geral, e não para a penitenciária. Em nota, a pasta informou hoje que o ministro se reuniu com a governadora no dia 11 de novembro, quando foi informado que ela oficializaria o pedido de ajuda para a segurança das unidades prisionais.

Moraes iria até Boa Vista acompanhar a situação após o massacre, como fez com Manaus, onde morreram 56 presos em apenas um complexo penitenciário, mas cancelou a viagem.




Nenhum comentário:

Postar um comentário