sexta-feira, 12 de maio de 2017

ALEXANDRE FROTA, DEPOIS DE "TRAÇAR" AÉCIO E MENDONÇA, ENGALEBA GILMAR MENDES POR TERCEIRO



O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes atacou, nesta quinta-feira (11), o também ministro Marco Aurélio Mello. Em entrevista ao jornalista Jorge Bastos Moreno, do Globo, Gilmar se referiu ao colega como "velhaco" e como uma personalidade da vida pública que nunca foi "grande coisa do ponto de vista moral, ético e intelectual"



A seguir, texto de Matheus Teixeira, no Conjur

O contexto dos três Poderes em Brasília anda tão embaralhado que até o ator Alexandre Frota foi pedir a deposição de um ministro do Supremo Tribunal Federal.

Dizendo-se um líder com "o apoio irrestrito de milhões de brasileiros", Frota protocolou, na tarde desta quinta-feira (11/5), na secretaria geral do Senado Federal, o pedido de abertura de processo de impeachment contra o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes.

E a expectativa é que esse tenha o mesmo destino de outros pedidos dessa natureza. Nesta semana, o ministro relator Luiz Edson Fachin negou o seguimento do mandado de segurança impetrado por juristas que questionavam a ação do então presidente do Senado, Renan Calheiros, de recusar a abertura de processo de impeachment contra Gilmar.

No documento, com linguagem jurídica e citação a diversas leis, Frota questiona as posições do ministros. "Aqueles que não possuírem comportamentos compatíveis com os princípios da moralidade e da impessoalidade administrativas tornam-se desonerados e incapacitados dessa árdua e relevante tarefa", afirma.



Nenhum comentário:

Postar um comentário