quarta-feira, 5 de julho de 2017

POLÍCIA FEDERAL QUER TEMER, PADILHA E MOREIRA REUNIDOS NA PAPUDA



PF QUER QUE OS TRÊS AMIGOS CONTINUEM INSEPARÁVEIS, SÓ QUE AGORA NA PAPUDA




A Polícia Federal pediu ao STF (Supremo Tribunal Federal) a inclusão do presidente Michel Temer e dos ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral da Presidência) no grupo de investigados em inquérito contra o PMDB da Câmara. A investigação faz parte da operação Lava Jato.

O ministro Edson Fachin, relator do caso, pediu manifestação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sobre a solicitação da PF. Leia o despacho de Fachin. É ele quem deverá decidir, após a volta do recesso do Judiciário (dia 31 de julho), se inclui os 3 políticos.

Já há 15 investigados no inquérito, incluindo o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), o operador Lúcio Funaro e o líder do governo Congresso André Moura (PSC-SE). Trata-se de 1 desmembramento do principal processo da Lava Jato.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário