domingo, 24 de setembro de 2017

TEMER E AÉCIO, OS ARTÍFICES DO GOLPE, SÃO OS CAFAJESTES MAIS REJEITADOS DO PAÍS

Na reserva estão o general Mourão, Luciano Huck, Sergio Moro, Deltan Dallagnol, Hélio Bicudo, Rodrigo Maia, os irmãos Marinho, Alexandre de Moraes, Carmen Lúcia, Moreira Franco... e caterva


Protagonistas do golpe de 2016, Michel Temer e o senador Aécio Neves se tornaram os nomes mais rejeitados da política brasileira, segundo a pesquisa Ipsos; Temer, denunciado por corrupção, obstrução judicial e comando de organização criminosa, já é repudiado por 94% dos brasileiros; Aécio, que poderá ter seu pedido de prisão julgado na próxima terça-feira, por envolvimento no esquema de propinas da JBS, é rejeitado por 89%; os dados comprovam que o golpe parlamentar, além de destruir a economia e a imagem do Brasil, foi também fatal para os seus articuladores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário