domingo, 11 de fevereiro de 2018

BARROSO MANDA SEMVERGÓVIA EXPLICAR POSIÇÃO DA PF EM DEFESA DE TEEMER



BARROSO MANDA SEMVERGÓVIA EXPLICAR BLINDAGEM A TEMER, MAS NÃO FEZ O MESMO QUANDO SERGIO MORO E THOMPSON FLORES ANTECIPARAM DECISÕES CONTRÁRIAS AO EX PRESIDENTE LULA
Relator da investigação sobre Michel Temer no Supremo Tribunal Federal, o ministro Luís Roberto Barroso intimou o diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, a explicar as declarações em que disse que a tendência na PF é recomendar o arquivamento da investigação; Temer é suspeito de beneficiar a empresa Rodrimar em um decreto que renovou concessões no Porto de Santos, em São Paulo; de acordo com o ministro, a conduta de Segovia "é manifestamente imprópria e pode, em tese, caracterizar infração administrativa e até mesmo penal"
Depois da trapalhada em que declarou que a tendência na Polícia Federal é arquivar a investigação contra Michel Temer, o diretor-geral da PF, Fernando Segovia, jurou inocência em carta aos servidores divulgada neste sábado 10, mas criou um problema a mais para o chefe que pretendia blindar; agora, a Polícia Federal não tem saída a não ser indiciar Temer pelo esquema de propina nos portos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário