quarta-feira, 27 de junho de 2018

LULA DA SILVA IS A POLITICAL PRISIONER. FREE LULA!


O MUNDO PENSANTE SE UNE EM TORNO DA LIBERDADE DE LULA

Trezentos acadêmicos e intelectuais públicos se uniram para lançar um manifesto intitulado “Lula da Silva é um prisioneiro político. #FreeLula! ”, Denunciando a detenção do ex-presidente brasileiro e atual candidato à presidência Lula da Silva. A petição discute em detalhes a natureza arbitrária do julgamento conduzido pelo juiz Sergio Moro contra Lula da Silva, afirmando que ele não passa de um preso político. O documento afirma que a comunidade internacional deve tratá-lo como tal e exige sua libertação imediata.

O manifesto é apoiado por juristas de renome mundial, como Karl Klare, Friedrich Müller, António José Avelãs Nunes e Jonathan Simon. Eminentes pesquisadores do direito e da lei, como John Comaroff, Eve Darian-Smith, Tamar Herzog e Elizabeth Mertz, defendem o manifesto. Advogados trabalhistas internacionais e sindicalistas, como Stanley Gacek, também o apóiam.

Além disso, a petição é apoiada por intelectuais públicos de renome mundial como Tariq Ali, Robert Brenner, Wendy Brown, Noam Chomsky, Angela Davis, Axel Honneth, Fredric R. Jameson, Leonardo Padura, Carole Pateman, Thomas Piketty, Boaventura de Sousa Santos e Slavoj Žižek.