domingo, 29 de abril de 2012

Homenagem ao Meu Irmão Luiz Carlos Vasconcelos e Seu Palhaço Xuxu

.


Filme "Acalanto" de Arturo Sabóia Representou o Brasil no Festival de Cannes - Estréia neste 2º semestre de 2013. Filme ganhou o prêmio de MELHOR FILME do Festival de Gramado de 2013 e mais 5 outras premiações no mesmo festival.



Novela "Flor do Caribe" da Rede Globo - No Horário das Seis 

Luiz Carlos interpreta o mestre pescador, capitão de traineira Donato. As relações entre pais e filhos são trazidas pela arte apurada de Luiz Carlos, emocionando até os que se fazem passar por "durões" - como eu - e deixamos as lágrimas despencarem cara abaixo.



Filme "O Tempo e o Vento" de Jaime Monjardim - estréia no º semestre de 2013.

Luiz Carlos Vasconcelos, em personagem do Filme "O Tempo e o Vento", da obra homônima de Érico Veríssimo, com direção de Jaime Monjardim, que entrará em cartaz no primeiro semestre de 2013
.
.
.
Luiz Carlos e seu Palhaço Xuxu
.
.


.
.
.
.
.

Novela das seis  Rede Globo  A VIDA DA GENTE. Inicio 26/09/11, término em março/12.
 
Renato (Luiz Carlos Vasconcellos) – Conhece Vitória (Gisele Fróes) na faculdade e, do rápido namoro que têm, nasce Alice (Sthefany Brito), entregue em seguida para adoção. Renato mal registra a gravidez da ex-namorada e o consequente nascimento da filha. Anos mais tarde, porém, arrepende-se profundamente. Ex-alcóolatra, há cinco anos recuperado, luta para se reinserir socialmente e conseguir trabalho. Ao conhecê-lo – doce, amoroso e carismático – Alice se comove com a história do pai e decide ajudá-lo na reabilitação.


.
.
.

.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.               Cena do filme "Homem Mau DormBem"
.
.
.

















Como "Aresio", na mini serie "A Pedra do Reino" 
de Ariano Suassuna / Rede Globo.
.
.
.










Melhor Ator do Festival Internacional de Cinema do Rio de Janeiro/2009.
.
.
.












No Filme "Andar as Vozes"


 .
.
.










Com Jose Dumont, em cena do filma "Arido Movie"
.
.
Filme selecionado para o Festival de Veneza

.
.
.
.

.











Cena do filme 
"O Sol do Meio Dia"
.
.
.
Trayler do Filme 
"O Sol do Meio Dia"

.
.
.
.









Com o elenco da Mini Serie "Queridos Amigos / Rede Globo

.
.


Trecho do último capítulo da mini série "Queridos Amigos" da Rede Globo
.

.
.
.
.
.
Trayler do FILME  de Hector Babenco  Carandiru

.
.
.










Cena do FILME "Carandiru", interpretando Dr. Drauzio Varella.


.
.
.
.
Trayler da SERIE "Carandiru da Rede Globo 
.
.
.
.
Procurando, apos 18 anos, o Palhaço Pixilinga... Emocionante
.
.
.
.
.



















Mini Serie "Pastores da Noite" Rede Globo

.
.
.












Cena do filme "Romance do Vaqueiro Voador"


.
.
Trayler do Filme "Romance 
do Vaqueiro Voador"

.
.
.
.
.










Com Fernanda Torres, em cena do filma "Primeiro Dia" de Walter Salles.

 .
Trecho do filme "Primeiro Dia" no qual João (Luiz Carlos Vasconcellos), apos ser liberado da penitenciaria em troca de matar seu amigo (Mateus Nachtergaele), cumpre o prometido.
.
.
.
.
.
.
.








Cena do premiado filme Baile Perfumado, de Paulo Caldas e Lirio Ferreira, interpretando um "Lampião" que tambem curtia perfumes franceses e whisky 12 anos.


.
.
Entrevista de Luiz Carlos sobre o inicio da sua carreira cinematografica, sendo ate então um homem do teatro.
.

.
.
Trayler do filme "Baile Perfumado"
.
.
.
.
.
ABRIL DESPEDAÇADO
.
"Leoncino D'Oro" Prêmio do publico jovem do
Festival de Veneza 2001.
.
Indicado ao GLOBO DE OURO
Melhor Filme Estrangeiro de 2002
.
Eleito um dos Melhores Filmes do Ano
National Board Of Review

Indicado para o BAFTA - British Academy
of Film and Television Arts 2002

-
de Melhor Filme Estrangeiro

.
Trailer Oficial do filme: Abril Despedaçado
.
.
.
.

.









Com Marilia Gabriela, na novela "Senhora do Destino", da Rede Globo.

.
.








Cenas da Novela "Senhora do Destino"




.
.
.
.
.


















Cartaz do espetaculo teatral "Retabulo", da obra de Osman Lins, direção de Luiz Carlos Vasconcelos.

.
.
.

.
.
.








Atores do Grupo de Teatro Piollin, em cena do espetaculo "Retabulo", adaptado e dirigido por Luiz Carlos.



.
.
.











Luiz Carlos e seu Palhaço Xuxu, fazendo o que mais gostam... Juntar gente na Praça.

.
.
.







 "Vau da Sarapalha". Adaptação e Direção do Conto de Guimarães Rosa por Luiz Carlos Vasconcelos. Mais de 1.300 apresentações em todo o mundo.

.
.
.
.

.
.
.
.

















"Vau da Sarapalha". O ator paraibano Escurinho, em cena.


.
.
.
Trailer do filme: Ilhas Cayman
.
.
.
.
Cenas da Mini série global: O Natal do Menino Imperador
.
.
.
.
.








Com Regina Caze, em cena de Eu, Tu, Eles, de Andrucha Waddington.






Trailer não oficial do filme: Eu, Tu, Eles

<iframe width="420" height="315" src="http://www.youtube.com/embed/oWvpB8l7csk" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>
.
.
.









Cena do filme "Eu, Tu, Eles".





.
.
.
.
Luiz Carlos e o apresentador do programa MOBILIZAÇÃO, no qual apresenta uma série inédita para a televisão brasileira que mostra iniciativas, tecnologias e soluções sociais bem sucedidas, que garantem educação, renda, trabalho e melhores condições de vida nas comunidades. Todos os sabados, as 9:00 h.
.
.

.
.

.
.



A Revista Veja, de Cachoeira Abaixo











Se existia dúvida quanto à inclusão da revista Veja no rol dos que serão investigados pela CPI do Cachoeira, a partir do vazamento na internet do inquérito que foi enviado ao Congresso pelo ministro do STF Ricardo Lewandowski, tal dúvida virou pó. 

Quem deu o furo foi o controverso site Brasil 247, que tem comprado briga com a Veja, com blogs progressistas, reacionários e que, entre seus colunistas, conta com figuras antagônicas como o petista José Dirceu e o tucano Artur Virgílio.



A importância do furo é tão grande e o conteúdo do inquérito tão explosivo que o Jornal Nacional citou a fonte, de onde eclodiu uma cachoeira de acusações contra o já exangue Demóstenes Torres e o governador Marconi Perillo, que mantém ar impoluto apesar da lama que já lhe chega à cintura.

E é aí que entra a revista Veja, apesar de, por enquanto, continuar de fora dos telejornais. A publicação aparece mal na fita, ou melhor, nas fitas das gravações da Polícia Federal que figuram no inquérito.

Em um dos trechos largamente divulgados na internet, Cachoeira e companhia aparecem decidindo em que seção da revista deverão ser publicadas informações que passaram ao editor Policarpo Jr., informações que a quadrilha pretendia que prejudicassem seus adversários nos “negócios”.

Como se não bastasse, a transcrição das escutas revela que as imagens do ex-ministro José Dirceu se encontrando com membros do governo federal em um hotel de Brasília que Veja publicou, foram fornecidas pelo esquema de Cachoeira.

E essas são só algumas das muitas garimpagens que estão sendo feitas por uma legião de internautas no material divulgado pelo 247, que ainda não inclui os contatos do editor da Veja com a quadrilha apesar de ele e a publicação aparecerem nos diálogos, o que sugere que ainda há material oculto.

Torna-se impossível, assim, que a CPI deixe de convocar, se não o dono da Veja, Roberto Civita, ao menos o seu editor Policarpo Jr. a fim de dar explicações, pois o que já vazou deixa claro que a mera relação fonte-repórter que a revista alega era muito mais do que admite.

Diante da confirmação de maior envolvimento da Veja no escândalo, parece lícito especular que, se a chapa esquentar, Policarpo pode receber uma proposta do patrão: assumir sozinho ônus dessa relação inexplicável que fez de Cachoeira uma espécie de ghost-editor da revista.

Esse tipo de proposta se baseia em pagamento de alta soma e apoio jurídico integral. Como o bode expiatório, supõe-se, não tem passagens pela polícia, torna-se réu primário, ou seja, não vai para a cadeia. E, depois de ultrapassado o desgaste do processo, sai rico dele.

A Veja sairia chamuscada, mas sem responsabilização criminal. É o que está acontecendo na Inglaterra, no caso Murdoch. Ele diz que “não sabia” de nada e empurra a culpa para os funcionários. Só que não está funcionando. Mas isso é na Inglaterra e estamos no Brasil.


Texto de Eduardo Guimarães, na Carta Capital.