quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

JÔ REPREENDE RAPAZ QUE GRITOU EM APOIO A BOLSONARO







"Viva, Bolsonaro!", gritou uma pessoa da plateia, depois que o programa da Globo exibiu um vídeo com as palavras do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), que disse na semana passada que não estupraria a deputada Maria do Rosário (PT-RS) porque ela "não merece"; "Quem foi que gritou esse absurdo? Maluf está na plateia? Quem que gritou? É só para eu saber", perguntou o apresentador
O apresentador Jô Soares ficou surpreso em seu programa que foi ao ar na madrugada desta quarta-feira 17, ao ouvir, da plateia, um grito em apoio ao deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ).
Logo depois que o programa exibiu um vídeo com as falas do parlamentar, que disse que não estupraria a colega da Câmara Maria do Rosário (PT-RS) porque ela "não merece", um rapaz gritou da plateia: "Viva, Bolsonaro!".
Jô perguntou, assustado: "Quem foi que gritou esse absurdo? Maluf está na plateia? Quem que gritou? É só para eu saber". O rapaz se identificou levantando o braço após alguns segundos de silêncio.
E tentou justificar seu pensamento: "Eu entendi o que ele quis dizer. Ele foi autor de um Projeto de Lei para castração química de estrupador (sic). Ele não quis fazer apologia. Eu acredito que deu no contexto da fala dele".
Jô respondeu: "Eu já ouvi muita bobagem na minha vida, mas essa supera o Bolsonaro", antes de ser aplaudido pela plateia e pelas jornalistas que o acompanhavam no palco, participantes do bloco "as meninas do Jô".
Recentemente, o apresentador foi notícia ao dizer que defender o impeachment da presidente Dilma Rousseff é "golpe" (leia aqui) e de atacar discursos que apontam bolivarianismo no governo brasileiro ou afirmam que "o Brasil vai virar uma Cuba" (leia aqui).





Nenhum comentário:

Postar um comentário