sexta-feira, 24 de março de 2017

ELIANE CANTANHÊDE - A MULHER DE ALMA PRETA - E O CASO EDUARDO GUIMARÃES: FAZENDO QUALQUER NEGÓCIO CONTRA OS POBRES E SEUS PARCOS DIREITOS



Eliane Cantanhêde: a colunista podre da massa cheirosa



Para o Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, Eduardo Guimarães, que edita o Blog da Cidadania, é jornalista.
 
Para a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Eduardo Guimarães é jornalista.

 Para os Repórteres sem Fronteiras, uma das principais organizações em defesa dos jornalistas no mundo, Eduardo Guimarães é jornalista.

Para a Comissão de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA), Eduardo Guimarães é jornalista.

Para Ricardo Noblat, Reinaldo Azevedo, Glenn Greenwald, Xico Sá, Renato Rovai, Esmael Morais, George Marques, Paulo Nogueira, Kennedy Alencar, Luis Nassif, Luiz Carlos Azenha, Rodrigo Vianna e tantos outros profissionais da imprensa brasileira, Eduardo Guimarães é jornalista.

No entanto, para Eliane Cantanhêde, a colunista da "massa cheirosa", Eduardo Guimarães não é jornalista.

Ele é um "aventureiro", que merece ter seu sigilo da fonte quebrado, seus equipamentos de trabalho apreendidos e suas comunicações imediatamente vazadas para sites de extrema direita (saiba mais aqui).

Não, Eliane Cantanhêde não é mais jornalista.

Ela é apenas censora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário