segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Dilma: “Queremos melhorar a vida das famílias e não dos banqueiros”







Presidenta Dilma em ato de campanha em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense


Em ato de campanha em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, nesta segunda-feira (20), a presidenta Dilma Rousseff afirmou que o segundo turno das eleições será uma decisão entre os que “defendem o emprego e os salários” e os que “se ajoelharam para o FMI [Fundo Monetário Internacional]”.


Cercada por centenas de pessoas, Dilma ressaltou a diferença entre o plano de governo dos neoliberais, representado pelo tucano Aécio Neves (PSDB), e o seu. “Eu quero dizer que a eleição no dia 26 vai colocar, de um lado, aqueles que defendem os empregos e os salários e do outro aqueles que desempregaram o Brasil, que reduziram os salários e que se ajoelharam diante do FMI. Aqueles que quebraram o Brasil três vezes”, disse.


E completou; “Não somos aqueles que só pensam nos banqueiros e nos juros. Somos aqueles que querem melhorar a vida de cada família”. Ela destacou ainda as conquistas dos governos Lula e Dilma. “Sei que vocês melhoraram de vida nos últimos 12 anos, que trabalharam para isso. Vocês são responsáveis por isso. Mas sei também que ninguém é uma ilha e todos precisam de oportunidades. Meu governo criou oportunidades”.

Dilma destacou a importância de programas como Prouni e o Pronatec, para a educação, e pediu aos militantes e apoiadores que reforcem a campanha nesta reta final. “Vamos de casa em casa pedir o voto. Defendam o futuro desse país. Por isso eu peço humildemente: no dia 26, votem em nós”, disse a candidata à reeleição.

A agenda de Dilma se concentra no Rio de Janeiro nesta segunda (20) onde ainda estão programadas caminhadas nos bairros Bangu e Padre Miguel.

Com informações de agências




Nenhum comentário:

Postar um comentário